A Secretaria Estadual da Segurança Pública acabar de confirmar a morte de mais dois suspeitos de assalto a agências bancárias de Campo Maior, no interior do estado. Agora já são oito mortos em confronto com policiais. 

As duas mortes ocorreram no município de Barras, também no interior do Piauí, quando também foram apreendidas armas e munições.  Os suspeitos mortos ainda não tiveram os nomes divulgados. 

O cerco aos suspeitos de estourarem, simultaneamente, duas agências bancárias na cidade de Campo Maior, a 78 km de Teresina, na última terça-feira (30). Durante as diligências, oito assaltantes já foram mortos em confronto. Com eles, os policiais encontraram cerca de R$ 60 mil roubados dos bancos.

Pelo menos 10 criminosos armados com fuzis e pistolas participaram dos ataques e fugiram em três veículos. 

"Eles se dividiram em dois grupos: um ficou de Piracuruca até Cocal [onde houve confronto com a polícia] e o outro entre Barras e Batalha, onde deve ter cerca de quatro indivíduos. Com os que foram neutralizados, cada um estava em média com R$ 10 mil. Teoricamente, tiraram um percentual do recurso que foi subtraído para uma eventual situação", disse Fábio Abreu, secretário estadual da Segurança Pública. 

Ainda não há informações do valor total roubado do banco. A maior parte do dinheiro estaria com os criminosos que continuam foragidos entre as cidades de Barras e Batalha. 

"O valor principal estava em um carro branco com o grupo que ainda não foi capturado. Continuam as diligências e vamos buscar fazer as prisões", conclui Fábio Abreu. 


Via cidadeverde.com 

Dê sua opinião: