A Polícia Federal deflagrou, nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (06), a “Operação Trilha Postal”, que visa combater uma organização que praticava crimes contra o patrimônio e contra servidores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos no Piauí. No momento, estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva.

Além disso, cinco pessoas foram intimidas a depor sobre o caso. Em um dos mandados de busca e apreensão cumpridos, foi encontrado um revólver calibre 38. De acordo com a Polícia Federal, o grupo foi responsável por praticar furtos e roubos em agências dos Correios de três cidades: Pimenteiras, São Félix do Piauí e Altos.

De acordo com a PF, detentos do regime semiaberto aproveitavam a saída da prisão para cometer os delitos e no final da tarde retornavam ao sistema penitenciário. A quadrilha contava ainda com a ajuda de um vigilante.

Atuação

As investigações apontaram que, somente em Altos, foram subtraídos onze objetos de encomendas. Eles ainda contaram com a ajuda de um vigilante. Os indiciados praticavam os crimes durante o dia, quando eram liberados do sistema prisional do Estado para o cumprimento de atividades.

Nome da Operação

A assessoria de comunicação da Polícia Federal informou ainda que o nome da operação faz alusão ao caminho, no caso a “trilha”, percorrido pelos investigadores do caso até a identificação dos indivíduos que fazem parte da organização criminosa.


Via GP1.

Dê sua opinião: