O governador Wellington Dias (PT) comentou na manhã desta terça-feira (12) a reunião que ocorreu na noite de ontem (11) onde ele apresentou o projeto de reforma administrativa à sua base aliada no Palácio de Karnak. Entre os pontos mais significativos está o de não convocar deputado para assumir cargo de Secretário de Estado. 

Com isso suplentes que estavam na expectativa de assumir uma vaga na Assembleia Legislativa ficaram descontentes com a medida. Questionado se isso teria gerado descontentamento na base, o governador ressaltou a necessidade de conter despesas.

“Cada um foi eleito deputado, isso foi da vontade do povo, nós estamos adotando uma medida em razão de um momento, nós temos um momento hoje que tudo aquilo que for necessário fazer para segurar despesas melhor, eu fiz medidas de corte em 2015 e em 2017 já não era tão fácil fazer novos cortes, agora então nós fizemos uma contenção de despesas, despesas que o Estado pode ou não fazer no ano de 2019, e nós estamos adotando justamente para poder dar equilíbrio”, declarou.

O governador irá pessoalmente à Assembleia Legislativa na próxima quinta-feira (14) apresentar o projeto para ser votado pelos deputados na casa.


Originalmente publicado no Portal AZ.

Dê sua opinião: