O delegado aposentado da Polícia Civil do Piauí, Francisco Carlos do Bonfim Filho, morreu aos 59 anos nesta sexta-feira (31). Ele estava internado em decorrência de complicações do diabetes desde o mês de março. 

Neste momento, alguns amigos mais próximos como o delegado Menandro Pedro se dirigem ao hospital. 

Bonfim Filho deixou a ativa da Polícia Civil há pouco mais de quatro anos devido a complicações da doença.Em 2014, ele foi homenageado pela Secretaria de Segurança do Piauí e é lembrado pela excelente carreira profissional, tendo sido delegado geral, coordenador de especializadas como a antiga Comissão Investigadora do Crime Organizado (Cico), além de vários distritos em Teresina.  

"Os pais dele eram meus padrinhos de batismo. Convivi com o Bonfim desde criança. Foi a notícia mais ruim que recebi hoje. Todo dia apuro homicídios, tô acostumado a ver cadáver na pedra fria do IML, no meio das ruas, mas a morte de um colega da natureza do Bonfim me deixa muito abalado. Ele era um exemplo de pessoa, como policial sempre desempenhou o cargo com dignidade, comprometimento,  deixou uma história que eu espero que a Polícia Civil honre e marque nos anais a vida do delegado não só com a passagem dele como delegado geral, mas por toda a dignidade com que ele foi policial. Rogo ao Grande Arquiteto do Universo que receba meu colega e amigo Bonfim Filho em sua morada celestial. Certamente esse chamado dele é porque já existe uma missão no céu", lamentou o delegado Francisco Costa, o Baretta, coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção  à Pessoa (DHPP). 

O velório acontecerá na funerária Pax União, no espaço nuvens das 11h às 17horas o enterro no cemitério Alto da Ressurreição.

 

Dê sua opinião: