Na manhã desta terça-feira (28), um tumulto chamou a atenção da população em uma sessão na Câmara de Vereadores da cidade de Valença do Piauí. Uma pessoa foi detida no local.

De acordo com o capitão Santos, da Polícia Militar do município, a guarnição foi acionada pelos vereadores para acalmar os ânimos na Câmara. “Houve um princípio de confusão, mas já estava tudo sanado pelos seguranças que estavam no local,” informou o capitão.

A confusão se deu porque o presidente da Câmara, Nonatim Soares, resolveu encerrar a sessão que analisava um pedido da prefeitura de parcelamento de uma dívida com a previdência.

O sindicato dos professores é contra o parcelamento da dívida em questão e estava no local. Um dos sindicalistas, identificado como Carlos Vagner, partiu para cima da mesa dos vereadores e espalhou os papéis do presidente da Câmara.

“O vereador Nonatim Soares, presidente da casa, nos relatou que havia sido destratado e desacatado pelo sindicalista Carlos Vagner, ele nos pediu providências com relação a isso, nós entramos em contato com a Polícia civil e deliberamos em conduzir o senhor à delegacia para que ele prestasse os esclarecimentos, assim como o vereador também foi orientado a ir. Tudo em um clima tranquilo”, informou o capitão Santos.

Os envolvidos foram ouvidos e liberados.



Com informações do GP1. 

Dê sua opinião: