Em alusão ao dia 7 de abril, Dia Nacional de Combate ao Bullying, instituído pela lei federal de número 13.277/ 2016, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) promove, nesta segunda-feira (8), a partir das 10h30, no Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) Zacaria de Góis, o Liceu Piauiense, em Teresina, um dia de troca de experiências entre alunos, pais, professores e Ministério Público do Piauí sobre bullying e a cultura de paz.

Na oportunidade, também será lançado o aplicativo Juntos Numa Boa, um canal de monitoramento para a prevenção de violência e bullying nas escolas desenvolvido pela equipe de tecnologia da plataforma Mobieduca.me, usada para mensurar as estatísticas e desempenho dos alunos da rede pública estadual. 

A promotora de Justiça Flávia Cordeiro, que já executa o Projeto Queremos Paz, vai mediar o debate sobre o problema crônico nas escolas. A membro do Ministério Público é responsável por visitar toda a rede pública do Piauí desde 2015 disseminando a cultura de paz em encontros metodologicamente mais dinâmicos. 

"Considerando que todas as discussões e orientações pautadas sobre essa temática são de extrema importância no sentido de fazer com que todos reflitam que este é um problema que precisa ser combatido principalmente na escola, a Secretaria de Estado da Educação tem buscado estabelecer parcerias de modo a minimizar os efeitos dá prática do bullying dentro do ambiente escolar", frisa a diretora da Unidade de Gestão e Inspeção Escolar da Seduc, Ana Rejane Barros.

A professora Luiza Solano, gerente de Inclusão e Diversidade (GID) da Seduc, que também está articulando o evento, ressalta que a iniciativa da secretaria é importante para que o problema seja sanado por meio da educação, por isso serão realizadas ações nas cerca de 650 escolas da rede. 

"Enviamos um ofício circular a todas as Gerências Regionais de Educação (GREs) reforçando a promoção de atividades de debate sobre o bullying e a cultura de paz, deixando a critério delas como abordar", explica a gerente.

Dê sua opinião: