Depois do secretário de Governo Osmar Júnior, nesta segunda-feira (23), o secretário Estadual de Fazenda, Rafael Fonteles, vai à Assembleia Legislativa explicar aos parlamentares sobre os pedidos de empréstimos que juntos somam mais de R$ 3,2 bilhões. É o maior montante já solicitado pelo governador Wellington Dias (PT). 

O governo une forças para aprovação dos empréstimos, já que aposta nos recursos para agilizar obras paradas e resolver pendências financeiras. 

A reunião do secretário com os deputados ocorrerá na sala da CCJ. Rafael Fonteles vai a Alepi por iniciativa própria para evitar percalços na votação. 

O governo já explicou que os R$ 3,2 bilhões são referentes a R$ 1,2 bilhão, que será para o alongamento da dívida. Outra de R$ 1,5 bilhão terá investimentos focados em obras de infraestrutura. A terceira mensagem solicita autorização de U$ 115 milhões (R$ 400 milhões) é para contratação de operação de crédito junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento, em parceria Fundo Internacional do Desenvolvimento Agrícola, com garantia da União.

O quarto empréstimo de R$ 100 milhões junto ao Banco do Brasil é para investimentos em segurança.


Com informações do cidadeverde.com .

Dê sua opinião: