Em entrevista na quarta-feira (31), o ex-governador e presidente estadual do PSB, Wilson Martins, afirmou que Robert Rios “será candidato ao que ele quiser em 2020” e esclareceu a polêmica envolvendo o secretário geral Acilino Ribeiro.

O secretário nacional do PSB, Acilino Ribeiro, afirmou na terça-feira (30) que seria bom que em 2020 o ex-deputado Robert Rios fosse candidato a vereador. Robert Rios está filiado ao DEM, mas deve se filiar ao PSB e foi convidado por Dr. Pessoa para ser seu pré-candidato a vice em 2020. Dr. Pessoa sairá candidato a prefeito da capital pelo MDB.

A declaração de Acilino causou polêmica e Robert Rios deixou claro que é “chance zero” de ser candidato a vereador. Wilson Martins explicou que houve um erro de comunicação e que Acilino não sabia que Robert testá sendo cotado como vice de Dr. Pessoa.

Wilson disse que a situação já foi contornada. 

“Ás vezes você conversa muito e termina falando demais. O Acilino é um bom companheiro nosso. Ele estava passando por Teresina e queria bater um papo. Marcamos de conversar pela noite, só que pela manhã, como ele é uma figura conhecida e foi 10 anos vereador em Teresina, a imprensa soube que ele estava aqui e alguns fizeram uma entrevista com ele, que colocou uma história anterior que ele conhecia [que o Robert poderia ser candidato a vereador]. A política é muito dinâmica e ela avançou para a gente trabalhar agora uma candidatura majoritária, dando prioridade ao Robert. O Acilino não sabia dessa nova informação e trabalhou com uma informação anterior, de forma precipitada”, explicou Wilson Martins.

Ele ainda destacou que Robert Rios será o presidente do diretório municipal do PSB de Teresina e que terá “apoio irrestrito do PSB” para a eleição de 2020.

“O Robert será presidente municipal do PSB de Teresina e conduzirá esse diretório. Ele será candidato ao que ele quiser em 2020. Ele encaminhará os entendimentos, para escolher qual coligação o partido possa caminhar. Evidentemente que é uma discussão com o partido estadual. Então não tem crise nisso, não tem dificuldade nenhuma. Estamos absolutamente seguro do caminho que vamos colocar”, destacou Wilson.


Via GP1.

Dê sua opinião: