O deputado estadual e presidente do Solidariedade do Piauí, Evaldo Gomes negou informações de bastidores de que poderia romper com o Palácio da Cidade devido a uma insatisfação com os espaços concedidos ao seu grupo político.

Gomes afirmou que não há motivos para descontentamento e reiterou que seu partido vai apoiar o candidato que for escolhido pelo prefeito da Capital Firmino Filho (PSDB) na sucessão majoritária municipal.

“Não existe nenhuma insatisfação com o Palácio da Cidade. O Solidariedade está fechado em 2020 com o candidato do prefeito Firmino. Fazemos parte da administração municipal e não temos motivos para estamos insatisfeitos”, assegurou o parlamentar.

Disputa majoritária

Firmino Filho já afirmou que ainda não tem um nome definido para lançar no pleito majoritário do próximo ano. Ele deixou claro que possui uma lista vasta de possibilidades, mas que o martelo só será batido em 2020 depois da realização de pesquisas para avaliar o cenário da época.


Com informações do GP1.

Dê sua opinião: