Durante entrevista concedida na última quinta-feira (25), o governador Wellington Dias (PT-PI) se pronunciou sobre as críticas do senador Elmano Férrer (Podemos) direcionadas a administração do Estado. Dias afirmou que não se surpreendeu com as colocações do senador e ponderou que pretende contar com o apoio dele para os pleitos de interesse do Piauí no Congresso.

“Eu vejo com naturalidade. Da minha parte o que eu quero é cada vez mais trabalhar integrado com a bancada federal, a bancada no Senado junto dos senadores Ciro Nogueira, Marcelo Castro, e também do senador Elmano. Eu sei a importância disso para os objetivos do povo do Piauí. Isso é o principal. Não me surpreendo [com as críticas de Elmano], cada um tem seu estilo. Da minha parte é muita paz e muito trabalho”, respondeu o governador.

Entenda

Em recente entrevista à nossa reportagem, Elmano Férrer teceu duras críticas à administração de Wellington Dias, de quem já foi aliado. Férrer também defendeu o presidente Jair Bolsonaro após a polêmica com os governadores do Nordeste, chamados pelo líder do País, de governadores de “paraíba”.

“A reforma administrativa é um monstrengo de instituições se atropelando e fazendo a mesma coisa. Não vejo perspectiva”, disse o senador do Podemos ao criticar a reorganização administrativa recém realizada pelo governador Wellington.

Sobre a fala de Bolsonaro, Férrer afirmou que não viu preconceito, uma vez que, de acordo com ele, o Governo Federal vem sofrendo críticas duras dos nove governadores nordestinos.


Com informações do GP1. 

Dê sua opinião: