O deputado estadual Flávio Júnior (PDT) admitiu, durante entrevista nessa quarta-feira (04), que existe a possibilidade de, no futuro, vir a se filiar ao Progressistas do senador Ciro Nogueira. A declaração veio logo depois de Flávio ter afirmado que hoje não vê motivos para deixar o atual partido. O pedetista deu destaque a boa relação que possui com os membros do PP.

“Sou filiado ao PDT desde que ingressei na política. Não existe motivo pra eu sair no momento. Mas, a possibilidade existe [de se filiar ao PP]. Nós temos um excelente diálogo com o Progressistas e em especial com o senador Ciro, além, da amizade com todos os deputados a nível de estado e a nível federal”, disse o deputado.

“O presidente do PP no Estado, o deputado Júlio Arcoverde é um amigo pessoal, antes dele entrar na política e antes também de eu ser político. Isso facilita bastante”, reforçou Flávio Júnior.

Suspensão

A possibilidade de mudança de partido veio à tona depois que o deputado federal Flávio Nogueira, pai de Flávio Júnior, foi suspenso do PDT por ter votado a favor da Reforma da Previdência no 1º turno na Câmara Federal. Ele está respondendo a um processo administrativo na Comissão de Ética da legenda.

O presidente nacional da sigla, Carlos Lupi explicou, à época, que os punidos não poderiam representar o partido nas direções estaduais e nacional, no Congresso e também não poderão usar a legenda.


Via GP1.

Dê sua opinião: