Além da surpresa do segundo voto para o deputado Nerinho, que não tinha apoio declarado de nenhum dos deputados, a eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa do Piauí ocorreu de acordo com as expectativas. Reeleito com 28 dos 30 votos, o deputado Themístocles segue no comando do legislativo piauiense.

Themístocles foi empossado logo após a votação e agradeceu a Deus e aos colegas pelo entendimento entre eles.

Logo após a posse, o deputado Themístocles seguiu para Brasília onde assistirá a posse do filho, também emedebista, Marcos Aurélio, eleito deputado federal nas últimas eleições.

Antes de viajar, Themístocles disse que todos os deputados querem o bem do Piauí, independente do partido.

"Nós queremos o bem do Piauí. Todos os deputados querem o bem, seja do partido A, B, C, nós queremos o bem. O mesmo eleitor que votou no senador, foi o mesmo cidadão que votou em qualquer deputado federal, estadual, senador da república. Nós queremos o bem do Piauí. Cada cidadão que votou, pensou no Piauí melhor", declarou Themístocles.


Quem votou em Nerinho?

A surpresa na candidatura do deputado Nerinho não foi apenas o registro da candidatura feito aos 45 do segundo tempo. Sem fazer campanha, Nerinho que só contava com o seu voto acabou recebendo um segundo voto. Como os votos não são públicos, especula-se que uma deputada pode ter votado no candidato. Será qual foi?


Por Mikeias di Mattos.

Dê sua opinião: