O prefeito de Água Branca, Jonas Moura (PSD), tomou posse na manhã desta quinta-feira (10) como presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM). Durante solenidade, ele destacou as dificuldades financeiras dos municípios e afirma confiar que o governo de Jair Bolsonaro irá valorizar mais os municípios.

Como meta, ele coloca a necessidade da APPM ajudar os prefeitos no diálogo com o governo federal. Segundo ele, os municípios menores terão mais atenção da APPM.

"Nossa principal meta é tornar essa casa um suporte para os prefeitos, principalmente, os prefeitos que chamamos de 0.6. São municípios de menor porte e possuem maior dependência do Governo Federal. O importante é fazer com que o prefeito tenha esse suporte.  E juntos vamos tornar a APPM muito mais forte. O suporte é fazer o básico.  E muitos ainda nem fez o básico como, por exemplo, fazer um plano municipal de Saúde, de Saneamento Básico, plano municipal de Educação. Tudo isso é  exigido em Brasília para trazer novos recursos", declarou.

Jonas Moura também defendeu a necessidade de parceria com os órgãos de controle. "Queremos ter os órgãos de controle como parceiros. Precisamos aprender com os órgãos de controle e com a experiência que eles têm, pode ajudar os prefeitos. Vamos buscar parceria no sentido de aprendizagem", afirma.

O prefeito afirmou acreditar no discurso do presidente Jair Bolsonaro de valorizar os município. Ele destacou a frase dita por Bolsonaro que destaca a descentralização de recursos.

"Queremos do Governo Federal que agora aconteça. Temos confiança no discurso de menos Brasília e mais Brasil. A gestão financeira é um grande desafio. Sempre essa questão é uma dificuldade enorme. Alguns ainda não conseguiram fazer", disse.

O vice-presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Douglas Wamling, disse que também espera que o governo cumpra o discurso e enfatizou a importância dos municípios. 

"O prefeito Jonas é titular do Conselho Fiscal da CNM. Sempre participou das discussões. O governo que assumiu o país fez discurso claro de 'menos Brasília e mais Brasil'. A gestão local é a ferramenta mais importante para prestação dos serviços públicos. O governo federal transferiu as responsabilidades para municípios e não transferiu os recursos", disse o vice-presidente da CNM, Douglas Wamling.

O governador Wellington Dias (PT) disse que fará um mandato mais próximo dos municípios. 

"O prefeito e presidente que conclui mandato agora teve papel destacado com mediação com os municípios. O prefeito Jonas Moura tem boa relação com os poderes partidos. Me comprometi a me aproximar mais dos municípios, especialmente, na área da saúde. Uma das principais cópias meta é a redução da mortalidade. É levar água potável para todo. Será um mandato mais próximos dos municípios", disse.

Com relação à parceria com o governador do Estado, Jonas Moura afirma que a APPM pode ajudar o governo a resolver problemas antigos. 

“Temos relação de parcerias. Recebemos o governador e vamos renovar essa parceria. Com o conhecimento que tem, a APPM pode ajudar o governador orientando e dando dados e linhas que pode fazer com que o estado ande mais rápido. O Piauí já tem algumas divisões importantes como à questão dos territórios. Precisamos fazer as coisas acontecerem. É isso que queremos”, disse. 


Com informações do cidadeverde.com.

Dê sua opinião: