ex-prefeito de Teresina Sílvio Mendes disse no último domingo (28), que não procede a informação de que ele vai se reunir com o governador Wellington Dias (PT-PI) para tratar sobre composições políticas para as eleições de 2020.

Conforme informações que circularam nos bastidores, a intenção de Wellington seria juntar Sílvio e o ex-deputado estadual Dr. Pessoa (que vai se filiar ao MDB em agosto) na mesma chapa para concorrer à Prefeitura de Teresina no próximo ano. 

“Desconheço essa reunião [com governador]. Isso não procede”, disse o ex-prefeito durante entrevista.

Quanto ao destino partidário, Sílvio Mendes mais uma vez foi evasivo e evitou se alongar sobre o assunto.

 “Temos muito tempo para definir. Tempo de assuntar”, brincou ele.

PSDB

A perspectiva principal é que Sílvio retorne ao PSDB, mas, ele não deu sinais de que isso possa realmente se concretizar. O que há de fato é o convite de alguns tucanos que trabalham para que o ex-prefeito retorne ao ninho tucano. O deputado estadual Marden Menezes e o ex-deputado Luciano Nunes, encabeçam esse movimento.

Firmino não conversou

O principal líder do partido no Estado, o prefeito de Teresina Firmino Filho disse que ainda não dialogou com Sílvio Mendes sobre o PSDB, mas assegurou que têm representantes do partido responsáveis por fazer esse trabalho.


Via GP1.

Dê sua opinião: