O governador Wellington Dias (PT) confirma que deverá encaminhar para a Assembleia Legislativa a proposta de reforma administrativa já na próxima semana. Segundo ele, entre várias metas da reforma encontra-se a necessidade de redução das despesas em R$ 300 milhões.

 Wellington afirma que essa redução é fundamental para que o Estado não perca a capacidade de investimento. 

“Temos vários focos com a reforma. Um deles é  adequar as despesas às receitas. É um corte que vai alcançar, em 2019, cerca de R$ 300 milhões para que não possamos perder capacidade de investimentos”, disse.

O governador afirma que na próxima segunda-feira (11) deve fazer as últimas reuniões para fechar a proposta da reforma.

“Na segunda-feira já farei um último diálogo com algumas áreas com as quais estamos trocando ideias. Com a própria Assembleia e pessoas dessa área dos empreendedores, área ligada a técnicos da administração, farei isso na segunda. Talvez na terça ou quinta possa fazer a entrega na Assembléia”, destacou.

Wellington Dias destaca alguns pontos da reforma em áreas como Segurança Pública, Educação e Saúde. 

“O objetivo é adequar a nossa organização administrativa ao programa de governo que tem novidades em relação ao outros mandatos. Na área da segurança, a nova organização baseada na classificação do risco do crime – alto, médio e baixo risco. O foco na saúde é voltada para a parceria com os municípios do Piauí e também com o cuidado com a criança e gestantes para reduzir a mortalidade.Na educação um foco nos jovens e adultos. Precisamos adequar nosso cronograma a tudo isso”, disse. 


Por Mikeias di Mattos, com informações do cidadeverde.com.

Dê sua opinião: