O governador Wellington Dias se reuniu, nesta quinta-feira (25), em Brasília, com o vice-presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e ex-senador pelo estado Acre, Aníbal Diniz. Na oportunidade, o chefe do executivo piauiense apresentou o projeto Piauí Conectado e discutiu a necessidade de expansão da rede de telecomunicação e de internet móvel e banda larga no país.

Segundo o governador, a demanda por conectividade, em especial nas regiões mais afastadas dos grandes centros populacionais, torna imperativo um plano de ação, capitaneado pelos Estados e a agência reguladora, que possibilitaria a garantia de mais oportunidades de trabalho e educação, a criação de novas demandas econômicas, gerando emprego e renda, além de todo o desenvolvimento inerente.

“É importante garantir as condições de respostas de atendimento, especialmente para as regiões que mais precisam, como a Amazônia Legal, o Nordeste e mesmo os estados mais desenvolvidos, no que diz respeito às comunidades mais isoladas, mas que demandam uma infraestrutura em comunicação que atenda  à uma potência mais elevada, ofertando ao menos serviços de 3G e 4G. Ou seja, uma estrutura focada na necessidade de investimentos para fibra óptica e uma rede que possa, de forma moderna, atender a verdadeira demanda”, complementa Dias.

Durante o encontro, o vice-presidente da Anatel conheceu o projeto Piauí Conectado, que deve ser expandido para todo o Nordeste a partir da aprovação no Consórcio Nordeste, já neste mês de agosto. O projeto prevê uma cobertura abrangente nos nove estados da região, contemplando entre 80% a 90% da população.

A iniciativa está sincronia com o planejamento da Agência Nacional de Telecomunicações, recém aprovado no conselho da autarquia. 

“Pra mim, é uma alegria completa encontrar o governador Wellington, meu parceiro de Senado, fazendo essa revolução no Nordeste e convencendo os nove governadores da região a embarcarem nesse projeto que, com certeza, vai levar muito desenvolvimento pra região. O Piauí Conectado está muito sintonizado com o espirito que nós trazemos, que aponta para a necessidade de conectar as comunidades que estão 'off-line', em um contexto em que cada vez mais as pessoas dependem de conectividade para estarem incluídas no mundo”, destaca Aníbal Diniz.

Após o encontro na sede da Anatel, o governador Wellington Dias segue para agenda com o presidente da Infraero, Hélio Paes de Barros Júnior.

O projeto Piauí Conectado

O Piauí Conectado é uma iniciativa do Governo do Estado do Piauí, que tem por objetivo melhorar a qualidade dos serviços prestados aos servidores públicos e aos cidadãos piauienses com expansão e universalização do acesso à internet, com a redução dos custos operacionais e administrativos assim como com a promoção da inclusão social em todo o Estado. O projeto é viabilizado através de Parceria Público Privada (PPP).

A meta é interligar o estado por meio de uma rede de 5.000 quilômetros de fibra óptica, conectando 11 macroregiões, 96 municípios (80% da população piauiense), com 1.500 pontos de acesso, com capacidade total de 64 gigabytes. Ao todo, o investimento em obras do Piauí Conectado está orçado em R$ 233.032.870,02.  


Dê sua opinião: