O deputado federal e atual secretário de Segurança Pública do Piauí, Fábio Abreu (PL), é o nome da preferência do governador Wellington Dias (PT) na disputa pela Prefeitura de Teresina nas eleições de 2020. Apesar de não ser um petista, o chefe do Executivo Estadual enxerga em Abreu, que já admitiu interesse de concorrer no próximo ano, características favoráveis para representar o grupo PL/PT com chances reais de vitória na disputa majoritária.

Conforme entendimentos intramuros, a ideia é que o Partido dos Trabalhadores indique um representante para fazer dobradinha com Abreu na vaga de vice. E dentro desse cenário, um nome que aparece na lista é o deputado estadual Franzé Silva, que sempre manteve uma relação próxima com Wellington Dias.

Candidato próprio

É prudente ponderar também que o destino do PT nas eleições da Capital em 2020, tem dividido opiniões dentro do partido, isso porque setores petistas são simpáticos ao alinhamento com Fábio Abreu, sobretudo, pela boa aceitação do secretário na Capital.

Na outra ponta, uma ala do PT é totalmente favorável ao lançamento de candidatura própria, principalmente, para fortalecer a chapa proporcional do partido. Alguns filiados à sigla, que pediram reserva dos nomes, alegam que o fim das coligações vai forçar que os partidos lancem nomes competitivos para a Câmara Municipal. Dentro dessa estratégia de candidato próprio, mais uma vez, Franzé é o mais lembrado.

Agora só resta saber se ao final das discussões vai pesar mais a vontade de segmentos do PT em favor de uma candidatura ou, se será a opinião do governador Wellington Dias, que hoje está inclinado para o lado de Fábio Abreu.

Sem força na Capital

Cabe acrescentar ainda que o PT não possui um histórico de sucesso nas disputas eleitorais de Teresina. Isso, inclusive, é um peso favorável para Abreu. Basta relembrar o pleito de 2012, quando Wellington Dias concorreu à Prefeitura de Teresina ficando apenas na terceira colocação.


Com informações do GP1.

Dê sua opinião: