O deputado Coronel Carlos Augusto (PR) usou o tempo de dois minutos, nesta terça-feira (4) para falar sobre o projeto do Governo Federal, de liberar o porte e a posse de armas para algumas categorias de profissionais da população brasileira. Desde o início do mandato o deputado te discordado do posicionamento do Governo Federal, no que diz respeito armar a população. Segundo o Coronel Carlos Augusto, a segurança é um dever do Estado  e não é feita só com polícia  e armas.

“Nós temos a necessidade de implementar nas cidades, políticas públicas que realmente previna a questão da violência, no dia a dia das pessoas. Ontem, assisti a pesquisa do IBOP, feita em todo o País e fiquei feliz em saber que a população não está embarcando nessa aventura de que armar a população é a solução para a segurança pública do país”, comentou. 

O deputado falou que viu, por exemplo, que 73% da população brasileira é contra o porte de arma, e que 63% dos entrevistados são contra ter a posse de arma em casa. “Eles reconhecem  que não é através de uma arma que vai trazer segurança para as pessoas”,  acrescentando que em sua vivência como policial e comandante da Polícia Militar do Piauí (PM), durante 30 anos, ele tem absoluta  certeza de que é loucura, tentar armar a população.  

Dê sua opinião: