O deputado federal Assis Carvalho foi reeleito presidente estadual do Partido dos Trabalhadores neste domingo (8). Assis disputou o Diretório Estadual com o vereador de Teresina Edilberto Borges, o Dudu.

Assis Carvalho votou no município de Oeiras, distante 290 quilômetros da capital. Em seguida, o presidente estadual da sigla retornou à Teresina para aguardar o resultado da eleição interna.

Assis comemorou a vitória e confirmou a eleição do deputado estadual Cícero Magalhães para o Diretório de Teresina, que era presidido por Gilberto Paixão que tentava se reeleger.

“Fui reeleito, acreditamos que teremos no mínimo 75% dos votos, só não tem como dizer o percentual fechado porque a apuração é muito lenta, mas, seguramente terei mais do que isso. E o Cícero foi eleito para presidência de Teresina. Já o percentual dele deve ficar em torno de 60%”, informou Assis.

Imbróglio

A disputa pela presidência do Diretório Estadual do PT foi marcada por um imbróglio acerca de mais de 2 mil filiados de Teresina. O diretório municipal barrou os novos filiados de votarem na eleição interna deste domingo (8).

O vereador Dudu, no entanto, alegou que o deputado Assis Carvalho tinha envolvimento na suspensão dos filiados. Poucos dias antes da eleição a Executiva Nacional do PT autorizou que os filiados pudessem votar.


Via GP1.

Dê sua opinião: