No próximo dia 29 de junho o Brasil vai comemorar os 60 anos do seu primeiro título mundial de futebol. Em partida disputada no estádio Rasunda, na Suécia, diante de um público de 49.737 pessoas, a Seleção Brasileira , comandada pelo saudoso treinador Vicente Feola, vencia a Suécia por 5 x 2. Pelé fez dois gols, o saudoso centro-avante Vavá fez mais dois e o ponta-esquerda Zagallo fez um gol.

Para esta partida, o técnico Vicente Feola foi obrigado a fazer uma substituição. Na lateral direita, De Sordi, contundido, deu lugar a Djalma Santos, que pela sua única atuação foi eleito o lateral da Copa. A Seleção venceu os donos da casa com o seguinte escalação: Gilmar, Djalma Santos, Orlando, Bellini e Nilton Santos; Zito, Didi e Zagallo; Garrincha, Vavá e Pelé.

A Seleção Brasileira disputou todos os jogos anteriores com a camisa amarela, mas na final teve pela frente a Suécia, também amarela. O sorteio determinou que os donos da casa jogariam com a camisa principal. Então, o chefe da delegação, Paulo Machado de Carvalho, comprou um jogo de camisas azuis na véspera e mandou bordar o escudo da CBD e os números amarelos. No final da partida, já comemorando o título, a seleção brasileira dá a tradicional volta olímpica carregando a bandeira sueca, em homenagem ao país sede.

O estádio Rasunda, inaugurado em 1937, foi um estádio de futebol localizado em Solna, na região metropolitana de Estocolmo, Suécia. No dia 27 de novembro de 2012, 6 mil torcedores entraram em campo e começaram a demolição do estádio de maneira antológica. No mesmo dia, foi substituído pelo novo Friends Arena. Em 1958, na final da Copa do Mundo entre Suécia e Brasil, um então jovem de 17 anos, mostrava ao mundo do futebol, para que veio. Edson Arantes do Nascimento, O Rei Pelé, anotou duas vezes para o Brasil contra os donos da casa.

O jogo disputado em 15 de agosto de 2012, Suécia 0x3 Brasil, foi confirmada como a última partida da seleção sueca no estádio, deixando, assim, de ser a casa seleção local que passando a mandar jogos na Swedbanck Arena.

Confira abaixo o golaço histórico marcado por Pelé contra a Suécia. Se preferir assista ao jogo completo no segundo vídeo.

Dê sua opinião: