A provável filiação do deputado estadual Dr Pessoa (PSD), ao Solidariedade pode gerar conflitos internos dentro do partido, principalmente na base de sustentação da sigla no Estado do Piauí. É que após o aval da sigla a nível nacional para chegada de Dr Pessoa ao partido, ele passaria a comandar a sigla a no Estado.

Com isso o prefeito de Parnaíba Mão Santa não teria ficado nada satisfeito com essa decisão, já que é dele que a indicação da presidência estadual. Para tentar esse alinhamento com Mão Santa, o Dr Pessoa tentou uma reunião com o prefeito de Parnaíba, mas os planos dele não teria dado certo.

Segundo fontes ligadas à Mão Santa que conversaram com nossa equipe de reportagem, Mão Santa teria dito poucas e boas para Dr Pessoa, dizendo até que ele não servia para ser candidato a governador e que não poderia comandar o partido, já que está chegando agora.

Essa reunião gerou atritos muito fortes entre os dois e nessa queda de braço entre Mão Santa e Pessoa o deputado, ao que se analisa de imediato, irá ganhar. Com essa situação se tornaria insustentável a permanência de Mão Santa no Solidariedade.

A ideia de Mão Santa desde o carnaval seria indicar sua filha a secretária municipal de infraestrutura, Maria das Graças, como vice na chapa encabeçada pelo pré-candidato Luciano Nunes (PSDB). Mas como Dr Pessoa pretende ser candidato ao governo do estado, esse plano de Mão Santa não encontraria viabilidade dentro do partido.


Por Huson Veras, de Parnaíba. 

Dê sua opinião: